O que é alimentação saudável? Quais são os benefícios?

o que é alimentação saudável

Você já parou para pensar no que coloca no prato e os efeitos que isso tem sobre sua saúde? Se a resposta for negativa, deveria mudar essa atitude! Uma vida mais saudável não se resume à prática de exercícios físicos, higiene e saúde mental, mas principalmente, a adoção de uma dieta nutritiva. Ou seja, ter consciência sobre o que é alimentação saudável e como adotá-la.

Não, ninguém é proibido de comer um sanduíche, pizza ou aquela torta incrível de chocolate. Basta ter equilíbrio e, mais ainda, consciência de que sua rotina alimentar deve priorizar o consumo de vegetais, legumes, proteínas e nutrientes importantes para a mente e o organismo. 

A desculpa da falta de tempo deve ficar para trás ao conhecer os princípios básicos da alimentação saudável, compreendendo que comer bem é muito mais fácil do que se imagina.

Você conhece os benefícios da planta ora-pro-nóbis?

Entenda o que é alimentação saudável

Muito se fala na prática de uma alimentação saudável, quem nunca ouviu “Tá de dieta?” após pegar um prato de salada. Mas, saiba que as verduras e legumes não concentram tudo o que o organismo necessita para, de fato, classificar como alimentação equilibrada. 

A alimentação saudável está ligada ao consumo de nutrientes em quantidade correta para suprir as necessidades do corpo.

Essa quantidade vai ser diferente de indivíduo para indivíduo, já que cada organismo e rotina tem necessidades diferentes.

Ou seja, cada corpo vai precisar de uma quantidade x de vitaminas, minerais e demais nutrientes em proporções adequadas. Mais uma vez, frisa-se a importância do equilíbrio ao repor tais necessidades. 

Bom, se o assunto parece complexo, tenha calma! Vai ficar mais fácil de entender sobre o que é alimentação saudável e agora que você vai aprender sobre a pirâmide alimentar.

Aprenda como ganhar dinheiro com brigadeiros.

Como funciona a pirâmide alimentar?

Pirâmide alimentar
Pirâmide alimentar

Basicamente, a pirâmide alimentar é uma ilustração que vai te orientar a dar prioridade aos nutrientes. Lembrando que a quantidade deve ser avaliada com o apoio de uma nutricionista, já que ela vai estudar a sua rotina para propor uma dieta que seja efetiva.

Na base da pirâmide, estão os carboidratos, responsáveis pelo fornecimento de energia. O segundo nível traz verduras, frutas e legumes, por meio dos quais o organismo repõe vitaminas, fibras, minerais e outros nutrientes.

No meio da pirâmide, estão as proteínas, ou seja, carnes, ovos e leguminosas, cuja função é reparar e construir tecidos. No mesmo nível, estão leites e seus derivados, ricos em vitaminas A e D, bem como cálcio e proteínas.

Por fim, no topo da pirâmide, temos açúcares e gorduras que, a propósito, devem ser consumidos em menor quantidade. O ideal é distribuir os alimentos que compõem a pirâmide ao longo do dia, garantindo a ingestão de todos os nutrientes. 

Agora que você já entendeu que é alimentação saudável e viu a pirâmide, vou te explicar melhor como montar pequenos cardápios com a escolha correta dos seus alimentos.

Como deve ser uma dieta saudável?

Uma dieta é considerada saudável quando tem a quantidade de alimentos que seu corpo realmente necessita. Ou seja, não adianta comer pouco, comer mal ou pular refeições, você precisa consumir os nutrientes suficientes para suprir suas necessidades. Na prática, como isso funciona

Olhando o exemplo da pirâmide alimentar, você deve priorizar os alimentos que estão na base. No caso dos carboidratos, que, no processo de geração da energia, acabam virando açúcar, por isso, o ideal é consumi-los em sua versão integral. Já os legumes e verduras crus regulam a fome durante a refeição principal.

Ok, então, na ordem, dê preferência aos alimentos que estão na base, passando para o meio da pirâmide e, no topo, está o que deve vir em menor quantidade no prato, certo?

Agora, se naquela saidinha de bar ou festa em família você perceber que existem mais alimentos gordurosos, basta consumir pequenas porções, garantindo o equilíbrio.

Nas suas pesquisas para entender o que é alimentação saudável, é bem provável que você tenha lido sobre pratos coloridos.

Geralmente, eles têm mais proteínas, vitaminas e nutrientes. Claro que, quando falamos em cores, nos referimos à inclusão dos alimentos que compõem a pirâmide alimentar.

Depois de toda essa contextualização sobre o que é alimentação saudável, é possível que você tenha ainda uma dúvida básica: como saber a quantidade certa que devo consumir?

Sempre que possível, consulte um profissional da área de nutrição, pois isso vai depender do gênero, idade, peso, altura e demandas individuais. Evite seguir aquela dieta que foi feita para uma amiga ou mesmo algo que foi compartilhado na internet.

Este estudo do seu biotipo e rotina é importante para estabelecer a sua necessidade de calorias diárias para garantir uma alimentação saudável.

Dicas para adotar uma dieta saudável

  • Prefira alimentos integrais e em suas versões naturais;
  • Evite alimentos e bebidas industrializadas, como refrigerantes, sucos processados, excesso de sal e açúcar;
  • Procure ingerir, pelo menos, 2 litros de água por dia;
  • Evite bebidas alcoólicas;
  • Coma frutas, verduras e legumes diariamente;
  • Faça suas compras em locais que ofereçam maior variedade de alimentos naturais;
  • Planeje sua alimentação, com tempo para organizar seu cardápio diário.

E não é só isso, também é necessário entender a importância dos alimentos regionais e sazonais. Isso te permite aproveitar de uma variedade de nutrientes durante todo o ano e ainda incentiva a produção local.

Qual é a importância dos alimentos regionais?

De acordo com o Ministério da Saúde, é recomendado trazer aspectos regionais e culturais nas ações de promoção da alimentação saudável. O objetivo é estimular a produção e, claro, o consumo daquilo que é regional, associando também os aspectos afetivos e comportamentais.

Sendo assim, ao entender o que é alimentação saudável e para incorporar essa prática, você deve considerar: 

  1. O resgate de práticas alimentares com significados culturais;
  2. A garantia de acesso alimento, fomentando a produção da agricultura familiar e cooperativas;
  3. A alimentação variada que permita a absorção equilibrada de nutrientes;
  4. Segurança alimentar, protegendo a população de contaminações e riscos à saúde;
  5. Harmonia e apresentação atrativa dos alimentos.

Espero que você tenha compreendido melhor o que é alimentação saudável e qual a sua importância.

Que tal, a partir de hoje, incorporar algumas dessas práticas ao seu cardápio semanal?

Depois de te explicar o que é alimentação saudável, saiba que aqui no blog, você vai encontrar diversas receitas saudáveis. Por exemplo, as dicas de como fazer hambúrguer vegano e o que são as zonas azuis.

Lembre-se que você é aquilo que come. Por isso, adote uma dieta nutritiva, pois estará evitando o aparecimento de doenças que podem minar a sua saúde!

Neste sentido, se você tiver alguma dúvida ou sugestão, abaixo tem um pequeno formulário para enviarnos uma mensagem!

Entraremos em contato com você.

Compartilhe com seus amigos!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *